Bate e Volta Rio de Janeiro

Fazer um bate e volta na sua cidade natal já é difícil, principalmente essa cidade sendo o Rio de Janeiro. Foi preciso colocarmos as prioridades em prática. O objetivo inicial era ver nossas mães e como bons viajantes saudosos de praia não poderíamos deixar de aproveitar também essa oportunidade.

Nossa escolha foi difícil mas sábia, decidimos então por Camboinhas e Arraial, não que fiquem perto uma da outra, mas nada que um tempinho na estrada não resolva, coisa que por sinal também amamos fazer….

Praia de Camboinhas foi onde tiramos nossa primeira foto, há 20 anos atrás. Praia essa que tem servido de cenário para nossa história, é claro rola muita nostalgia, reencontros e é sem dúvida um paraíso na região oceânica

.

Arraial do Cabo mais precisamente o Pontal do Atalaia era a praia que faltava na nossa pequena grande lista. Para nossa surpresa, quando chegamos na cancela da subida para o Pontal, ficamos sabendo que não seria permitido entrar de carro (o permitido é 250 carros).Estacionamos em uma das ruas próximo a cancela (R$ 15,00), e pegamos um taxi conveniado que cobra R$20,00 por pessoa, lembrando que esse valor é só para ir, na volta teríamos que pagar novamente. Algumas pessoas faziam o percurso a pé, mas antes de decidir por essa opção é importante saber que são 6 km de subidas e descidas (nos dois sentidos) com muito sol, praticamente sem sombra e muita poeira já que o fluxo de automóveis subindo e descendo é intenso.

A praia é realmente lindíssima, água cristalina, poucas ondas, como dizem “o caribe brasileiro”, fácil de entender porque é o xodó dos turistas. Na areia existem alguns quiosques, oferecendo todo o tipo de refeição e bebida, mas há também quem leve suas próprias cadeiras e sua alimentação.

Também pode ter acesso a praia quem está de lancha ou taxi naútico. Enfim não é um passeio tão em conta, mas vale cada centavo! Ate agora me pergunto como carioca eu ainda não tinha isso conhecer… as fotos tentam falar por si….