Nosso roteiro de 3 Dias em Lisboa

Lisboa, a cidade das sete colinas, capital de Portugal é a cidade mais populosa do país e com inúmeros atrativos. Sabemos o quanto é difícil organizar um roteiro quando a oferta parece exceder os dias que temos disponíveis. Depois de muitas idas e vindas a terras Lisboetas, ainda temos muito a conhecer, mas separamos aqui um pouco do que consideramos imperdível na cidade e vamos tentar ajuda-los a fazer esse roteiro em 3 dias.

1º Dia – Que tal começarmos pela Praça do Comércio ( antigamente conhecida como Terreiro do Paço), já que por muitos anos, ali foi porta de entrada para a cidade de Lisboa daqueles que atracavam no Rio Tejo. Os edifícios que circundam a praça já foram palácio residencial e também já serviram para ministérios e instituições públicas. Na praça hoje existem alguns cafés e restaurantes e um dos nossos preferidos é o Museu da Cerveja, nada como sentar para um drink e observar um pouco do vai e vem da cidade. Seguindo pelo centro da praça, passamos pelo Arco Triunfal e saímos na Rua Augusta, na rua Augusta existem muitas opções de restaurantes , bares, lojas de souvenir e lojas tradicionais como a Casa Pereira da Conceição onde compramos chás e Raivas de Aveiro (viciante biscoito amanteigado), na Rua Augusta tb temos uma parada obrigatória para o pastel de bacalhau com queijo da Serra da Estrela na Casa Portuguesa dos Pastéis de Bacalhau, como acompanhamento pedimos um vinho madeira. Seguindo a esquerda da Rua Augusta, nos deparamos com o Elevador de Santa Justa, que nos leva direto ao Chiado (se preferir não usar o elevador tb pode subir as escadas e ladeiras que levam ao bairro). No Chiado, não deixe de conhecer o café A Brasileira, onde na calçada em frente tem uma estátua de bronze de Fernando Pessoa e tb a livraria Bertrand a livraria mais antiga de Portugal, frequentada no passado por nada mais nada menos que Eça de Queiroz. Descendo o Chiado é possível seguir pela Praça Rossio onde encontramos a loja O Fantástico Mundo das Sardinhas, ao redor da praça estão diversos prédios importantes, um deles é o Teatro Nacional D. Maria II, monumentos como fontes e no centro uma estátua de D. Pedro I. Bem próximo dali temos a praça da Figueira onde podemos experimentar uma Ginjinha (bebida típica de Portugal). Andando mais um pouco chegamos na Avenida Liberdade onde vamos ao nosso bar preferido no mundo o Hard Rock Café, curtir um pouco de Rock.

2º Dia – Hoje decidimos começar nosso dia em Belém, mais precisamente na Fábrica Original dos Pastéis de Belém, uma dica é que geralmente a fila na porta é enorme, mas se optar por usar as mesas internas é mais tranquilo. Depois de alguns pastéis, precisamos andar para perder todas essas calorias, então bora caminhar, a ideia é ir ate o Monumento do Descobrimento, mas antes uma paradinha no Mosteiros dos Jerônimos, lindíssimo por dentro e por fora, vale muito fazer o passeio interno. Depois partimos então para o Monumento do Descobrimento, almoçamos na Cervejaria Portugália e depois fomos caminhando ate a Torre de Belém. A caminhada toda é feita na beira do Tejo o que torna o passeio ainda mais gostoso. Perto da Torre de Belém aproveite para conhecer o Monumento aos Combatentes do Ultramar, uma linda homenagem aos militares mortos durante a Guerra Colonial. Nosso happy hour de hoje foi no Time Out conhecido também como Mercado da Ribeira com inúmeras opções gastronômicas fica difícil escolher uma só, o bom mesmo é provar um pouco de um lugar e de outro. E terminamos então nosso segundo dia na Pink Street, bem pertinho do Time Out, vale e pena uma parada estratégica para um vinho ou Gin em alguns dos bares da rua mais badalada de Lisboa.

3º e último dia do nosso roteiro, e nosso café da manhã foi na Confeitaria Nacional na praça da Figueira, e acredite os melhores doces de Lisboa estão nessa confeitaria, é impossível não sair com uma caixinha para viagem. Depois seguimos para o Parque das Nações, um lindo lugar para caminhar, andar de teleférico e conhecer o Oceanário. Hora do Almoço e partimos para a Cervejaria Ramiro,próxima a Praça Martim Moniz, onde podemos escolher o frutos do mar ainda fresco, alguns ainda vivos dentro de enormes aquários. Aproveitamos que estávamos perto da Praça Martim Moniz, pegamos o famoso e histórico Bonde 28 e seguimos rumo ao Castelo de São Jorge, pôr do sol imperdível para quem esta em Lisboa. Nossa última noite e a recomendação da vez é um charmoso restaurante de Fado no bairro de Alfama, São Miguel D,Alfama nossa pedida foi Bacalhau Lagareiro e Bacalhau com Natas, um vinho da casa e uma música de apertar o peito, ainda não sei se foi o Fado ou a despedida dessas terras que mais uma vez nós acolheram como mãe. Hora de seguir para outros destinos e terminamos por aqui nosso roteiro com gostinho de quero mais …