Passaporte

As vésperas de mais algumas viagens, e o passaporte para vencer no ano que vem, nunca deixamos vencer e dependendo da viagem precisamos ficar atentos ao tempo de validade do passaporte…

Você sabe o que precisa para tirar um passaporte e quando precisa de um?

Bem, para início de conversa, acho que passaporte devia ser igual certidão de nascimento, nasceu, já sai da maternidade com um, kkkk mas sabemos que não é bem assim, e que também tem seus custos. Hoje está saindo por R$ 257,25. Mas é sério, uma oportunidade de para viajar pode cair do céu e você perder porque não tem um passaporte.

Hoje em dia o processo está mais rápido, mas nunca sabemos, afinal já tiveram vários problemas na história da confecção de um passaporte, greve, excesso de emissões e até mesmo falta de papel.

O passaporte brasileiro é emitido pela Polícia Federal. Através do site você pode ver as instruções do procedimento de como tirar o passaporte, a lista de documentos necessários, a taxa a ser paga e pode agendar o atendimento.

O processo se baseia em reunir os documentos, pagar a taxa e marcar a data para coleta de foto e impressões digitais em um posto da Polícia Federal.

Você sabia que cada país determina qual a validade mínima necessária do passaporte brasileiro para que o cidadão ingresse em seu território? Pois é, então nem sempre basta ter um passaporte, mas também ficar de olho em quanto tempo tem de validade. Os Estados Unidos por exemplo, exige que o passaporte tenha uma validade mínima de 6 meses após a sua data de saída do país, sabemos que existe um acordo com o Brasil para que estenda automaticamente a validade de um passaporte para seis meses além da data de expiração. Mas preferimos nos adiantar e fazer um novo, evitando assim problemas na imigração, lembrando que se o visto para os Estados Unidos estiver no passaporte antigo, você precisa viajar com os 2 passaportes.

Documentação necessária para obter passaporte comum.

O interessado na obtenção de Passaporte Comum deve atender às seguintes condições:

– ser BRASILEIRO;
– ter-se alistado eleitor, quando obrigatório;
– ter votado na última eleição, quando obrigatório, justificado, ou pago a multa respectiva;
– se homem, estar quite com o serviço militar obrigatório;
– não ser procurado nem impedido de obter passaporte ou de sair do País pela Justiça. 
– reunir os seguintes documentos ORIGINAIS (e, conforme a legislação pertinente, ainda poderão ser exigidos outros documentos no momento do atendimento, havendo fundadas razões):

Caso tenha mudado de nome em algum momento levar a certidão, exemplo de casamento.

Se for menor de idade mais alguns documentos podem ser exigidos.


Após preencher o cadastro no site da Polícia Federal, pagar a GRU e agendar o comparecimento na PF para que seja então concluído o processo.