Notting Hill

Um dos lugares que não poderíamos deixar de ir em Londres, é Notting Hill, justamente por conta do filme, ” Um lugar chamado Notting Hill “, com Hugh Grant e Júlia Roberts. ⠀

Curioso é que com todos os londrinos que conversamos, eles não parecem gostar muito de Notting Hill! Todos falam sobre um lugar que ficou cheio de mais por conta da divulgação provocada pelo filme e recomendam outros lugares. ⠀

O filme conta a história do romance inusitado e tumultuado entre um dono de livraria inglês, William Thacker (Hugh Grant) e uma atriz superstar americana, Anna Scott (Julia Roberts), tendo Londres como cenário.

O filme começa com William andando pelo mercado de Portobello Road, que acontece especialmente aos sábados em Notting Hill, em direção à livraria dele, The Travel Bookshop.

A parte mais famosa da feira é a de antiguidades, no princípio da Portobello Road para quem vem andando da estação de metrô Notting Hill Gat.

É um programa muito popular e gostoso para se fazer em Notting Hill em uma manhã de sábado, mesmo para quem não quer comprar antiguidades.

O encontro de William Thacker (personagem de Hugh Grant) e Anna Scott (personagem de Julia Roberts) acontece quando William sai de um café, que ficava em 303 Westbourne Park Road, com um suco de laranja e um café na mão e esbarra em Anna na esquina ao lado.

No local, na época da filmagem, havia simplesmente um muro coberto por tapumes, mas atualmente há um café bem nesta esquina, chamado Coffee Bello.

William Thacker é dono de uma livraria especializada em viagens, The Travel Bookshop.

A inspiração para essa livraria foi uma “Travel Bookshop” que existia no endereço 13-15 Blenheim Crescent. A livraria fechou em 2011, mas atualmente há uma nova no local, The Notting Hill Bookshop, que vende livros não só de viagens.

O local em que foram filmadas as cenas da livraria, no entanto, é na 142, Portobello Road, onde hoje funciona uma loja de souvenir chamada Notting Hill.

É difícil de acreditar, mas este bairro adorável da cidade por um grande período do século XX não foi tão adorável assim.

De área nobre no século anterior o bairro se transformou em uma região muito decadente, onde as casas – que anteriormente pertenciam a pessoas abastadas – se transformaram em verdadeiros cortiços, habitadas por diversas famílias e sem o mínimo conforto.

Após a segunda Guerra Mundial, a área se tornou o local de moradia de vários imigrantes das colônias do Caribe, as chamadas West Indies, além de outros vindos da África.

Com uma população negra numerosa, foi em Notting Hill que ocorreram os primeiros conflitos raciais de Londres, em agosto de 1958.

As modificações começaram nos anos 1980, quando os preços na época baratos de moradia em Notting Hill começaram a atrair uma população mais jovem.

Com os novos moradores, vieram os restaurantes, os cafés charmosos e toda a estrutura necessária para atender as demandas dessas pessoas.

Hoje, Notting Hill é uma área top de Londres, habitada por quem consegue pagar os altos valores para viver no local. Um apartamento de um quarto não custa menos de 1 milhão de libras!

Como se pronuncia “Notting Hill”? Muita gente confunde o nome “Notting” com a palavra “nothing”, que significa ‘nada’ em inglês. Mas repare que o nome do bairro não é Nothing Hill, com o th pronunciado com a língua entre os dentes como em “thanks”. A pronúncia do nome Notting é simplesmente [nótin], não precisa fazer o esforço extra com a língua!

Advertisements